Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



transferir (1).jpg

O triste espectáculo que assistimos no ano passado envolvendo Bruno de Carvalho no programa Prolongamento é demonstrativo da táctica deste: fomentar guerras contra um alvo bem identificado. Neste caso, o eterno rival Benfica. 

 

A forma como este ao ser confrontado com as suas habituais contradições se virava para as câmaras a mostrar papelinhos, sem ter a coragem de especificar questões do clube a que preside, demonstra na perfeição aquela que tem sido desde sempre a sua estratégia, que passa por meter o foco no "outro", e não apenas e somente em "nós", Sporting Clube de Portugal.

 

Pessoalmente, não admito que haja algum sportinguista que se ache mais anti-lampião do que eu.

Mas, quando passo pela rede-social facebook, chegando a ver gente que diz estar com Bruno de Carvalho pelo simples facto dos benfiquistas o odiarem, confesso que me deixa tanto triste como preocupado.

Naturalmente que Bruno de Carvalho é criticado, assim como nós também criticávamos João Vale e Azevedo, por exemplo.

 

Vivem do ódio pelo ódio, não lhes interessando questões internas do clube. Não lhes interessando reflectir, analisar, e debater questões pertinentes acerca desta actual administração do Sporting.

 

Como se isso não bastasse, Bruno de Carvalho para além do alvo externo, conseguiu um alvo interno: todo um passado do Sporting e aqueles que não estão com ele. Os agora denominados "croquettes que queriam era tacho", como eles costumam dizer.

 

Quem vai ganhando com estas tácticas é Bruno de Carvalho. De um empresário falhado, "saca" do clube para cima de 200.000€ por ano, enquanto que este parece ter caminho aberto para fazer o que quer, e ofender inclusive os sócios e a história do clube!

 

Pessoalmente, dentro das minhas reduzidíssimas possibilidades, tento contribuir para o contraditório aqui na net. E às vezes pergunto-me a mim mesmo: vale a pena?

 

Será que não "iremos" ter aquilo que merecemos, para depois sim, acordar para a vida e crescermos enquanto clube?

 

PS; Este artigo já estava na "gaveta" há já algum tempo. Entretanto, Azevedo de Carvalho propôs ao Diário de Noticias um artigo... para falar das contas do Benfica! Há alguma dúvida que este "homem" está "aflito" para garantir a reeleição?!

O Sporting merecia muito melhor... e é pena que muita gente não enxergue isso.

Actualmente, até me consigo rir da forma como João Gabriel ridicularizou Azevedo de Carvalho quando neste tweet ele termina dizendo isto: "Este tweet foi proposto por mim!"

Autoria e outros dados (tags, etc)


24 comentários

De Ricardo a 07.10.2016 às 11:44

Como benfiquista que sou, tenho que te dar os parabéns por admitires o ódio que o vosso presidente nutre pelo Benfica. Aliás nem é preciso muito esforço para isso.
De facto, desde o ano passado pelo menos, assiste-se a um espectáculo degradante desse senhor. Como é que um presidente de um clube, se presta a esse nível tão baixo?
Não sabe travar uma batalha dentro das 4 linhas, então trava fora delas. Ridículo!
O que mais me preocupa, é ainda saber que a maioria dos sportinguistas, acha que ele está a fazer um belíssimo trabalho! Ok...
Apenas acrescento que se tivesse um presidente assim no meu clube, estaria seriamente preocupado. Cada comunicado que sai, é sobre o Benfica, qualquer coisa que tenha que dizer, é sobre o Benfica. Com muita razão os benfiquistas perguntam: afinal, o que seria do Sporting sem o Benfica? Hum...
Apenas não concordo com uma parte do teu texto: o BC não precisa de fazer grande esforço para ser reeleito, porque acho que grande parte dos sportinguistas o vêem já como um deus.

De Fake_Neves a 07.10.2016 às 12:13

Eu acho que nem é um ódio que ele sente pelo Benfica. Ele tem claramente um projecto pessoal dentro do Sporting, é ditador, e precisa de arranjar um inimigo externo para agregar as tropas.

Repara que esse inimigo externo que ele escolheu nem foi o Benfica, mas o Porto. Mas o Pinto da Costa nunca lhe deu trela.
E provavelmente o Benfica vai fazer o mesmo.

Eu não sei se a vitória nas eleições está assim tão garantida. Basta que os resultados não apareçam para muita coisa vir à tona. E é esse medo que faz o Bruno de Carvalho estar nervoso e arranjar conflitos com tudo e com todos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D