Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não acha estranho que o Sporting pague um milhão e trezentos mil euros de comissão a um empresário para se contratar um jogador que estava livre para assinar e sendo certo que o empresário só se tornou formalmente empresário após o negócio ter sido efectuado com o jogador?

14034805_316761278658108_8646157228836614946_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

De Adolf Hitler a 06.09.2016 às 11:12

O Sporting, recusou-se a pagar as dividas que tinha para com os seus credores. Além disso passou a ter uma politica isolacionista, declarando que o resto do mundo futebolistico estava contra eles, e que era preciso destruir os oponentes externos (Benfica e FC Porto) bem como os oponentes internos (apoiantes de outros candidatos à presidência, dissidentes dentro do clube, e até simples adeptos que discordavam do modus operandi de BdC). Para isto, Bruno utilizou a sua imagem como salvador da Nação Sportinguista, tornando-se a personificação do ideal leonino, o chefe supremo a quem todos os sportinguistas deveriam venerar. Todos os que pensassem diferente tinham de ser identificados, localizados e calados rapidamente. O contraditório não poderia existir, era preciso calar a qualquer custo, quem pensasse por si próprio e fosse contra o líder. Para alcançar isto, Bruno criou uma vasta rede de bufos e informadores, bem como promoveu uma série de fanáticos para espalhar mentiras que o fizessem parecer um herói dentro do clube.
Ora daqui para a frente, todos sabemos o que aconteceu com a Alemanha, graças à insanidade de Hitler:
2ª Guerra Mundial, de onde saíu derrotado, e a economia alemã foi destruída. Após esse terrível acontecimento muitos alemães estavam incrédulos com as atrocidades cometidas pelo seu líder. Enquantos outros, absolutamente cientes do que tinham feito, fugiram ou foram mortos.
No entanto ninguém sabe até onde a loucura de BdC levará o Sporting. Aqui na boca do Bruno todos desejamos que os sportinguistas sejam capaz de parar o seu próprio fim e aprendam que os meios não justificam os fins.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D