Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



12993335_1194248130606333_6010253660902377211_n.jpTodos nós gostamos de futebol e de desporto em geral. No nosso caso apoiamos e sofremos pelo Sporting.

E cada um de nós é do Sporting por variadíssimas razões.

Fomos crescendo e envelhecendo, e ao mesmo tempo, coleccionando referências pessoais enquanto sportinguistas.

 

Jogadores como Manuel Fernandes, Oceano, Sá Pinto, Acosta, Beto, Pedro Barbosa, Liedson, entre muitos outros, fazem parte das nossas referências, e hoje, recordamo-los com saudade e nostalgia.

 

Mas enquanto eles estavam no activo como jogadores do Sporting, quantas vezes é que nós também os criticamos? Quantas vezes não apelidamos o Pedro Barbosa de "pastelão"? Quando o Liedson falhava penaltis não o criticávamos? Quantos de nós "acreditaram" no Acosta quando este foi contratado na época de 1998-1999?

 

Como é normal, não há ninguém que alguma vez tenha passado pelo Sporting e que não tenha estado sob a avaliação dos adeptos - tanto para o bem como para o mal.

 

Hoje em dia, uma parte significativa de adeptos do Sporting, não admitem que Bruno de Carvalho possa ser alvo de criticas, e muito menos, que haja quem não se reveja na sua gestão e o queira fora de Alvalade!

18923255_e85of.jpg

 

É nas redes-sociais onde mais se faz sentir o fanatismo do Brunismo. Por um lado, bajulam todos os passos e palavras de Bruno de Carvalho; por outro, ameaçam e tentam amordaçar quem não se revê na actual gestão.

 

Falando por mim, quando partilho um artigo num grupo de facebook, sou insultado, e não têm a capacidade de refutar o que escrevo. Não querem debater, nem partilhar ideias e sentimentos. Nada!

 

Dá-me a sensação que para eles, criticar ou debater a gestão de Bruno de Carvalho, é o mesmo que criticar a instituição Sporting Clube de Portugal. Parece que confudem a instituição com a pessoa do presidente. Para eles nada os orgulhava antes de 2013!

 

Sinceramente, temo que isto faça escola, e que o clube venha a ser muito diferente daquilo que sempre o conhecemos - e que fez com que o Sporting fosse uma referência a nível nacional.

 

Das duas uma: ou este PLEC (processo de lampionização em curso) vai até ao fim; ou aqueles sócios mais indecisos, vão abrir os olhos precisamente por termos hoje esta forma de estar em Alvalade, percebendo que este não é, nem nunca poderá ser o caminho para o Grande Sporting!

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

De comentador desportivo a 11.06.2016 às 13:43

Se me permite, gostaria de colocar aqui um assunto relativamente á academia.

Como sabemos não é por acaso que a academia está como está, mas sim devido á incompetência de quem assaltou o clube.

Os métodos utilizados na academia são de coação,tentavivas de manipulação dos jovens, violência psicológica para com jovens e adolescentes.

Um dos métodos utilizados através desses expedientes,é forçar os jogadores a assinar contratos, sem qualquer tipo de remuneração.

É interessante esta teoria.
Um indivíduo sem qualquer preparação para o cargo que ocupa ganha 10 mil euros, fora o resto, e que não irá render nenhuma mais valia ao clube, pois nem dado o querem, e jogadores que poderão ser futuras mais valias, são forçados a assinar contratos sem vencimento.
E croquetes eram os outros, e demais demagogia, pois!

É esta a cultura de excelência, e a champions da gestão, encher os bolsos á custa do clube, e quem vier a seguir que se desenrasque.

De Jacó a 11.06.2016 às 13:56

Há cerca de 1 ano e meio, li umas conversas no facebook, que tantos os putos como os pais deles estavam muito tristes e revoltados pela pouca sensibilidade que os responsáveis actuais têm na gestão da formação.

O Virgílio - que esteve mais de 20 anos sem ver uma bola, e que passou de vendedor de eletrodomésticos a homem forte da academia - foi acusado de não ter qualquer sensibilidade, e que só sabia gritar e ralhar aos miúdos.

Anualmente gastávamos 5 milhões de euros na academia, e do nada, reduziram para metade (como se fosse por ai que o Sporting equilibrasse as finanças).

Portanto, o que o caro comentador denuncia, não me surpreende...

Daqui a uns 10 anos, veremos quantos seniores formados no Sporting teremos na nossa Selecção...

De O Fatal a 12.06.2016 às 11:11

Incrivel como se continua a dizer merda sobre a academia e a formação!

"Um dos métodos utilizados através desses expedientes,é forçar os jogadores a assinar contratos, sem qualquer tipo de remuneração."

Então o ideal é pagar 2 mil euro ao pai do Alfredo para ser "scout", como se tivesse capacidade para tal, como faz o Málaga, ou pagar o que se paga aos paizinhos do Moreto e do Camará? Convém saber que qualquer um deles saiu do SCP com idade de infantil/iniciado.

"Há cerca de 1 ano e meio, li umas conversas no facebook, que tantos os putos como os pais deles estavam muito tristes e revoltados pela pouca sensibilidade que os responsáveis actuais têm na gestão da formação."
O Virgílio - que esteve mais de 20 anos sem ver uma bola, e que passou de vendedor de eletrodomésticos a homem forte da academia - foi acusado de não ter qualquer sensibilidade, e que só sabia gritar e ralhar aos miúdos.

A maioria das criticas ( e o gritar ou ralhar ) tinham haver com a forma como se achava que os treinadores deviam treinar e, inclusive com a interrupção de treinos....
As coisas melhoraram desde aí...aprenderam com os erros.

PS:o falar mais ríspido com os jogadores sempre foi prática de dirigentes, treinadores, ajudantes, etc em todos os clubes desportivos e até em relações entre pais e filhos.

Anualmente gastávamos 5 milhões de euros na academia, e do nada, reduziram para metade (como se fosse por ai que o Sporting equilibrasse as finanças).

Tem a noção de que o decréscimo no investimento vem desde Dias da Cunha, Soares Franco, JEB e Godinho Lopes correcto? E que para equilibrar finanças é necessário cortar em vários campos certo? Futebol sénior e formação, andebol, futsal e hóquei ( na sua primeira época sobre alçada do clube ) tiveram cortes. Os funcionários tiveram cortes e até downsizing...E tudo isto para quê? Para se equilibrar as finanças e para ter os ordenados em dia com funcionários ( professores, instrutores, etc ) que habitualmente tinham 3 a 4 meses em atraso.

Logo o problema do não investimento vem muito de trás e não é de agora.....assim como as situações menos felizes de Virgilio foram sendo ultrapassadas.

De qualquer forma pode comprovar que ao nível de saída de atletas, têm saído cada vez menos atletas de qualidade para rivais e, os que possuem essa qualidade têm saído perante ofertas irrecusáveis em termos monetários, como o recém campeão europeu Vinagre .

Peço que se abstenham de falar sobre algo que não conhecem ( quer a formação do clube quer de forma geral ), não sabem ( as referências aos diz que disse são desnecessárias ) não viveram quer como atletas quer como dirigentes.

SL

De Jacó a 12.06.2016 às 12:40

Eu não estou por dentro do que se passa na formação.

Mas pergunto-lhe: acha normal a academia ser entregue ao Virgílio Lopes???

Como disse no anterior comentário: daqui por uns 10 anos veremos quantos jogadores metemos na selecção e na nossa equipa principal. Para já, a nível de resultados temos vindo a perder terreno para o benfica, e isso poderá ser um forte indicador de que algo tem que mudar...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D