Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


16997774_1842250546048790_1403598996279493989_n.jp

Curiosamente faz hoje 1 ano (dia 5 de Março) que o presidente sem medo nos abandonou a todos quando o Benfica ganhou em Alvalade e passou para a frente do campeonato, e de lá nunca mais saiu.

 

Ele sentiu que poderia ser o inicio do fim do seu emprego de sonho.

 

De lá para cá estamos em 3º lugar (sem hipóteses de conseguir o 2º) e fora das restantes competições.

 

Nem as derrotas e as patéticas voltas olímpicas depois de jogos contra os Praienses da vida serviram para abrir os olhos!

 

Nunca pensei... E ainda há ingénuos que dizem que ontem se provou que o Sporting está vivo. Lá vivo ele está, não está é grande coisa...

 

Não Azevedo, eles não te deixaram cair!

 

86% de votos?!... 

 

#Elestrememtodososdias

Autoria e outros dados (tags, etc)

ng7F1E1D54-515E-4F8A-AC37-BC18FD555831.jpg

 

«Temos recebido relatos de que elementos ligados à arbitragem começam a ser "ameaçados" de poder perder os seus trabalhos fora do futebol se "as coisas não voltarem ao que eram". Estas "pressões" estarão a ser feitas pelos próprios patrões e/ou superiores hierárquicos.

A estar a suceder é absolutamente execrável e nós estaremos atentos, denunciando toda e qualquer situação. Não vão conseguir parar a mudança fundamental no futebol!».

 

Mais uma tentativa de instalar a "dúvida" no seio dos adeptos. A velha táctica do "diz que disse" que leva à teoria da conspiração, e à consequente manipulação das massas.

Tudo isto com o propósito de intimidar ou de enganar. Basicamente, serve para desviar atenções de questões pertinentes.

 

Depois de um fim-de-semana em que os pontos fracos da equipa nunca foram tão expostos, e com uma Assembleia-Geral para aprovar as contas que somente contou com a afluência de 70 sócios (!!!); eis que sai um comunicado que nada mais é do que um autêntico "vazio"!

 

Reparem que o próprio autor do texto demonstra que nem tem a certeza se efectivamente os árbitros estão a ser "ameaçados":

«A estar a suceder é(...)».

 

E porque não divulgam as suas fontes?

 

Quais as pessoas envolvidas em todo este processo?

 

E porque antes de mais nada, não tentaram junto das entidades competentes que se abrisse um inquérito para averiguar a possível situação dos árbitros estarem a ser ameaçados pelos próprios patrões? Afinal, antes de mais nada, trata-se da vida intima e privada de homens que fazem parte desta indústria do qual o Sporting também faz parte: o futebol português.

 

Mas lá está: isto não é para levar a sério - nem se pode levar a sério! Os objectivos são outros, como já referi.

 

E num tempo em que administradores de páginas e blogs são denominados pelo presidente de "ratos atrás do teclado", como se não tivéssemos legitimidade para escrever e fazer oposição dentro de espaços criados por nós próprios; o que dizer assim da sua própria administração, que tem a responsabilidade de representar uma instituição centenária como o Sporting Clube de Portugal, ao lançar estas atoardas cá para fora, neste estilo de "disse que disse, mas não tenho a certeza"?!

 

É que por falar em ratos, é mais que óbvio que isto será apenas mais uma montanha que irá parir precisamente um rato.

Tal como as auditorias às anteriores direcções, tal como os processos aos sócios, tal como os vouchers, etc etc etc......

 

O que é preciso é desviar o foco para aquilo que está em causa: o Sporting está a ser assaltado! E não é pelos árbitros...

 

Enfim, há ratos e há ratazanas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

maxresdefault.jpg

 

 

Sim, é isso mesmo. Preferia que o Sporting Clube de Portugal ainda não tivesse um canal de TV.

Não era nada disto que eu esperava.

 

Esperava um canal de sportinguistas para sportinguistas. Não esperava um canal ao estilo Coreia do Norte.

 

Não esperava que tivéssemos programas como a Hora do Presidente, fazendo lembrar o Aló Presidente de Hugo Chávez.

 

Não esperava que tivéssemos programas de humor como o Futebol de Perdição, em que gozar e enxovalhar tudo e todos, fosse a forma habitual de entreter sportinguistas.

 

Como não esperava que tivéssemos um "senhor" de seu nome Dolbeth, em que insultar e chamar nomes às pessoas fosse a sua forma de "defender" o Sporting.

 

Mas isto não é defender o Sporting. É defender a agenda pessoal de Azevedo de Carvalho. Uma agenda que passa por "dividir para reinar", através de polémicas com tudo o que mexe.

 

O "senhor" Dolbeth personifica na perfeição o "novo Sporting" de Azevedo de Carvalho.

 

O "senhor" Dolbeth também é insultuoso, caluniador, malcriado, e cobarde. Sim, cobarde!

 

Ele pode chamar nomes a tudo e a todos, que não será isso que fará dele um "valente". 

Normalmente nunca refere nomes. O seu alvo preferencial é a classe jornalística - ou os chamados "jornaleiros" e "comentadeiros", como o "senhor" Dolbeth se refere a eles. Para ele os jornalistas são todos iguais.

 

E a cobardia do "senhor" Dolbeth, faz-me lembrar a cobardia do seu patrão (ou dono?).

 

Por acaso, lembram-se quando Azevedo de Carvalho, muito preocupado e assustado com aquilo que diziam dele nas redes-sociais, sentiu a necessidade de apelidar em plena Assembleia-Geral, 6 sócios de Governo-Sombra? Mas não referiu nomes. Simplesmente não teve a coragem de concretizar ali, no momento, as suas teorias e calúnias, apontando os nomes desse suposto Governo-Sombra - que muito o tem ensombrado!

 

Preferiu mandar o recado pelo Jornal Record. Preferiu mandar o recado pela classe jornalística que é apelidada pelo "senhor" Dolbeth, de "porcos e suínos". Lembram-se?

 

Pois é, os oportunistas são assim mesmo: têm os seus yes-men sem qualquer valor; e ora estão com Deus, ora estão com o Diabo, conforme lhes convém.

 

Ser cúmplice desta suposta forma de defender o Sporting, é compactuar com o desvirtuar de uma história, e de um Sporting que cada vez é menos levado a sério, e menos respeitado.

 

Tenho pena de tudo isto. E lamento, sobretudo, pelos fundadores do clube.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D