Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



2000-1.jpg

Em 2000-2001, o então campeão nacional contava com jogadores internacionais como Peter Schemeichel, Beto, André Cruz, Phill Babb, Rui Jorge, Paulo Bento, Pedro Barbosa, Dimas, João Pinto, Sá Pinto, ou Acosta.

 

Apesar do mau planeamento da época que culminaria numa época igualmente má, na época seguinte o Sporting viria a ser campeão nacional e a conquistar a Taça de Portugal. 

Passados 3 anos, o Sporting esteve numa semana à beira de tocar no céu, com a possibilidade de conquistar o campeonato e a Taça UEFA em Alvalade, com José Peseiro em 2004-2005. Infelizmente, nada se ganhou.

 

Todavia, após 18 anos sem conquistar o título, os primeiros 5 anos do milénio pode-se dizer que até foram positivos.

 

Mas, voltando à época de 2000-2001, e apesar do mau planeamento dessa época, a SAD presidida por Luís Duque despediu Augusto Inácio para contratar o treinador do Benfica, José Mourinho. Episódio que pode recordar neste link.

 

Com José Mourinho, quase de certeza que teríamos sido bicampeões, tricampeões, e quem sabe, tetra ou penta; não se sabe...

 

Pois com José Mourinho do nosso lado, o FC Porto continuaria um declínio que já ia com 3 anos sem ganhar o titulo, e o Benfica continuava ainda a sofrer as consequências do pesadelo Vale e Azevedo.

 

Teríamos ganho títulos e uma posterior estabilidade que fariam de nós o melhor clube da primeira década deste século.

 

Hoje não vale a pena culpar este ou aquele pelo sucedido. Sim, foram os adeptos quem impediram a entrada de um então jovem e inexperiente treinador como José Mourinho. Afinal, quem adivinharia o que viria a seguir?

 

O que é certo, é que até nisso, nós, os adeptos, tivemos sempre uma palavra a dizer nas questões do clube. Por vezes, até em excesso, como agora está mais que provado.

 

Se na época passada poder-se-á dizer que não ganhamos o título pelo falhanço do Bryan Ruiz no jogo contra o Benfica; o que dizer da não-entrada do Mourinho no Sporting?

 

O futebol também tem esta característica: o pormenor. E essa é uma das características que fazem do futebol uma modalidade apaixonante.

 

Nota: Um artigo que pode ser complementado com o artigo A azarada semana que alterou o destino do Sporting.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D