Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



inaciobrunodecarvalho22134023.jpg

... aproveito para recordar o artigo AFINAL ERA TUDO TRETA - PARTE II [clicar no link a verde para abrir]. 

 

Nesse artigo, conclui um trabalho de pesquisa, em que denunciei todas as contradições em que Bruno de Carvalho e Augusto Inácio se deixaram envolver, entre o que prometeram e foram dizendo ao longo do tempo, e o que na prática se fez.

 

Essas contradições, estão ainda por explicar, e enquanto não o forem, haverá legitimidade para duvidar da seriedade-intelectual de quem hoje dirige os destinos do Sporting Clube de Portugal.

 

Hoje, no "novo Sporting", escrever um comunicado para transmitir aos adeptos que Augusto Inácio defenderá os interesses do Sporting e da verdade-desportiva num programa de TV, não o fazendo enquanto dirigente, aparenta ser normal! Eu não o acho.

 

Acho que só vem reforçar uma questão que coloquei no tal artigo que peço ao leitor para reler: o que prende Augusto Inácio a Bruno de Carvalho, ou vice-versa?

 

Não seria até mais inteligente por parte de quem elaborou esse comunicado, escrever simplesmente que Augusto Inácio abandonaria as relações-internacionais?

 

Significa que continuará ao serviço do Sporting como "paineleiro"?!? Assim, não haverá dúvidas legitimas sobre a eventualidade de haver dinheiro debaixo do tapete?

 

Até porque, sportinguista de verdade, é algo que Augusto Inácio não é, como ele próprio o admitiu há uns anos atrás [podem recordar essas declarações no tal artigo que peço para reler].

 

Sim, Augusto Inácio continuará em campanha-eleitoral a favor de Bruno de Carvalho, e os interesses do Sporting, como temos constatado, será o menos importante para eles!...

 

Não se passa nada, Inácio?!? Pois eu acho que se passa algo... Nada que uma auditoria bem escrutinada não esclareça! Até lá, façam pela vida, que mais não é do que tentar fazer dos sportinguistas de "carneiros"!

Até um dia!

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

De comentário desportivo a 31.07.2016 às 21:15

" Nesse artigo,conclui um trabalho de pesquisa, em que denunciei todas as contradições"

Peço desculpa, o que fez foi denunciar uma pequena parte.
Não foram todas.

De Jacó a 31.07.2016 às 21:43

Sim, bem-visto. Rsrs

De comentador desportivo a 31.07.2016 às 21:21

" Essas contradições, estão ainda por explicar, e enquanto não o forem, haverá legitimidade para duvidar da seriedade"

Com explicações ou não, o indivíduo é um aldrabão.
Não passará a ser sério ou credível.

A não ser que houvesse uma grande transformação desse ser.

De comentador desportivo a 31.07.2016 às 21:23

" Hoje, no "novo Sporting",escrever um comunicado para transmitir aos adeptos que Augusto Inácio defenderá os interesses do Sporting e da verdade-desportiva num programa de TV, não o fazendo enquanto dirigente, aparenta ser normal! Eu não o acho."

De acordo.

De comentador desportivo a 31.07.2016 às 21:33

Como já é hábito, excelente post.

Percebo a sua ideia, também me lembrei disso e estou de acordo.

O "comunicado" parece mais uma manobra de propaganda, agradecimento pessoal.

Custa-me ver o Inácio metido nisto.

Não o crítico, nem o criticarei, embora discorde de muita coisa.

Será sempre o "meu" treinador.
Ao contrário do que dizem não ganhou por acaso.
Ganhou porque soube montar uma boa equipa.

"Sinto" tristeza por não ter sido mais aproveitado, e como já disse, por estar envolvido com esta gente.

De Jacó a 31.07.2016 às 21:44

Ele está envolvido porque quer...

De comentador desportivo a 31.07.2016 às 22:25

Penso que ele tem alguma magoa pela forma como foi tratado pelo sporting, e acho que terá razão.
Depois de ter feito o que fez, não merecia este quase esquecimento.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D