Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



image.jpg

O golo do Slimani foi fora-de-jogo. Acho que isso é claro.

Era um lance fácil de analisar no momento? Talvez não. E na dúvida, as regras da FIFA indicam que o árbitro deve deixar proseguir o lance. Quando houver video-árbitro, não haverá erros deste género para ninguém.

 

Bastava que os dirigentes do Sporting dissessem algo como isto, e passariamos uma imagem de credibilidade, e abriamos um precedente. O precedente de que os outros clubes também teriam que admitir quando são beneficiados com lances do género.

 

E o que aconteceu? Bruno de Carvalho queixou-se das imagens televisivas, e Augusto Inácio afirmou que o Sporting estaria na frente do campeonato com o video-árbitro.

Ou seja, tornamo-nos iguais ao Benfica de Luís Filipe Vieira, que chegou a assinar petições pela verdade-desportiva e entregar DVD`s no Ministério da Administração Interna, mas actualmente, tudo está bem no futebol-português - quando na verdade não o está.

 

Bruno de Carvalho demonstra mais uma vez que tudo o que diz ou faz não é com sinceridade. São somente jogadas politicas que caiem bem perante as massas, mas na prática, ele quer é "mama" como os outros. E quando digo "mama", é em todas as vertentes.

 

O congresso internacional do Futuro do Futebol, é somente um local de palco onde Bruno de Carvalho aproveita para tentar passar uma imagem de politicamente-correcto, de modernidade, e de visionário.

Afinal, estamos em campanha eleitoral.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D