Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não acha estranho que o Sporting pague um milhão e trezentos mil euros de comissão a um empresário para se contratar um jogador que estava livre para assinar e sendo certo que o empresário só se tornou formalmente empresário após o negócio ter sido efectuado com o jogador?

14034805_316761278658108_8646157228836614946_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

De Adolf Hitler a 06.09.2016 às 11:11

O Fuhrer de Alvalade:
Abril de 1918 - A Alemanha completa a sua conquista dos territórios Russos após assinada a Paz de Brest-Litovsk, e aproxima-se a passos largos de Paris. É um apogeu do poderio Alemão, daí em diante, uma série de derrotas e humilhações levariam o país a mergulhar num período negro, que levaria à ascenção de um ditador sanguinário de seu nome Adolf Hitler.
Abril de 2002 - O Sporting sagra-se campeão nacional pela 18ª vez na sua História, a 2ª vez em 3 anos. Nesses mesmos 3 anos venceu 2 campeonatos nacionais, 1 Taça de Portugal (e outras 2 finais) e foi o vencedor de 2 Supertaças. Era o apogeu do clube de Alvalade, depois de quase 2 décadas sem títulos da liga. Daí em diante, uma série de derrotas e humilhações levariam o clube a mergulhar num período negro, que levaria à ascenção de um ditador lunático de seu nome, Bruno de Carvalho.
As semelhanças entre estes dois líderes não acaba aqui, senão vejamos:
Anos antes de chegar ao poder, Hitler teve uma tentativa falhada. O famoso Putsch da Cervejaria. Em 1923, Hitler (que já possuía uma base de apoio relevante dentro do partido e em várias zonas da Alemanha) decide tomar o poder. No entanto o seu golpe, sendo as razões principais, a falta de apoio dos membros mais velhos e experientes dos partidos da direita (apesar de ter o apoio dos jovens mais fanáticos e mais violentos) que não acreditavam na sua retórica de luta contra tudo e contra todos. Outra razão importante foi que, na altura a Alemanha estava mal, mas ainda mantinha um nível minimo de sustentabilidade, e havia um sentimento que as coisas estavam a melhorar aos poucos.
Anos antes de chegar ao poder, Bruno teve uma tentativa falhada. As famosas eleições de 2011. Bruno (que já possuía uma base de apoio relevante junto aos adeptos) decide tomar o poder. No entanto a sua candidatura falha, sendo as razões principais, a falta de apoio dos sócios mais velhos e experientes (apesar de ter o apoio dos jovens mais fanáticos e mais violentos) que não acreditavam na sua retórica de luta contra tudo e contra todos. Outra razão importante foi que, na altura o Sporting estava mal, mas ainda mantinha um nível minimo de sustentabilidade, e havia um sentimento que as coisas estavam a melhorar aos poucos.
Mas tudo mudou anos mais tarde:
No caso de Hitler foi a crise de 1929 que destruiu o que restava da economia alemã e do orgulho (já ferido dos alemães), e obrigou a população a enveredar por uma opção nada convencional, com um discurso absolutamente diferente dos políticos até então, e com esperança num futuro melhor.
No caso de Bruno, foi a crise de 2012-2013, que colocou o Sporting num, nunca antes visto, 7º lugar, que destruiu o orgulho (já ferido dos sportinguistas), e obrigou os sócios a enveredar por uma opção nada convencional, com um discurso absolutamente diferente dos dirigentes até então, e com esperança num futuro melhor.
A partir daí deu-se uma grande mudança graças a esses líderes:
A Alemanha, recusou-se a pagar as dividas que tinha para com os aliados no seguimento da Primeira Guerra Mundial. Além disso passou a ter uma politica isolacionista, saíndo de várias Organizações Internacionais, declarando que o resto do mundo estava contra eles, e que era preciso destruir os oponentes externos (liberais e comunistas) bem como os oponentes internos (judeus, intelectuais e dissidentes). Para isto, Hitler utilizou a sua imagem como salvador da Pátria germânica, tornando-se a personificação do ideal ariano, o chefe supremo a quem todos os alemães deveriam venerar. Todos os que pensassem diferente tinham de ser identificados, capturados e eliminados rapidamente. O contraditório não poderia existir, era preciso calar a qualquer custo, quem pensasse por si próprio e fosse contra o líder. Para alcançar isto, Hitler criou uma vasta rede de bufos e informadores, bem como promoveu uma série de fanáticos para espalhar mentiras que o fizessem parecer um herói nacional.

De Adolf Hitler a 06.09.2016 às 11:12

O Sporting, recusou-se a pagar as dividas que tinha para com os seus credores. Além disso passou a ter uma politica isolacionista, declarando que o resto do mundo futebolistico estava contra eles, e que era preciso destruir os oponentes externos (Benfica e FC Porto) bem como os oponentes internos (apoiantes de outros candidatos à presidência, dissidentes dentro do clube, e até simples adeptos que discordavam do modus operandi de BdC). Para isto, Bruno utilizou a sua imagem como salvador da Nação Sportinguista, tornando-se a personificação do ideal leonino, o chefe supremo a quem todos os sportinguistas deveriam venerar. Todos os que pensassem diferente tinham de ser identificados, localizados e calados rapidamente. O contraditório não poderia existir, era preciso calar a qualquer custo, quem pensasse por si próprio e fosse contra o líder. Para alcançar isto, Bruno criou uma vasta rede de bufos e informadores, bem como promoveu uma série de fanáticos para espalhar mentiras que o fizessem parecer um herói dentro do clube.
Ora daqui para a frente, todos sabemos o que aconteceu com a Alemanha, graças à insanidade de Hitler:
2ª Guerra Mundial, de onde saíu derrotado, e a economia alemã foi destruída. Após esse terrível acontecimento muitos alemães estavam incrédulos com as atrocidades cometidas pelo seu líder. Enquantos outros, absolutamente cientes do que tinham feito, fugiram ou foram mortos.
No entanto ninguém sabe até onde a loucura de BdC levará o Sporting. Aqui na boca do Bruno todos desejamos que os sportinguistas sejam capaz de parar o seu próprio fim e aprendam que os meios não justificam os fins.

De Jacó a 06.09.2016 às 14:36

Caro Adof Hitler, é por estar ciente destes fenómenos recorrentes na história politica e até no futebol (Vale e Azevedo, por exemplo) que não acredito no actual caminho.

Acrescento que o Hitler ao principio, aparentemente, recuperou a economia alemã; tal como BdC aparentemente foi o responsável pela retoma do futebol do Sporting. Mas sabemos que a longo\prazo tudo se pagará, pois tudo isto tem pouca ou nenhuma sustentação.

Estou a ponderar publicar o seu texto. Foi o caro Adof que o escreveu, ou encontrou por ai?

De comentador desportivo a 06.09.2016 às 15:32

"tal como BdC aparentemente foi o responsável pela retoma do futebol do Sporting"

Caro Amigo

Só aparentemente.

Pois o que se passou foi que os bancos deixaram de injectar dinheiro como o estavam a fazer, o que fez com que tivessem que baixar o orçamento.

Isto também aconteceu porque o Sporting não foi á CL, nem á LE, e isso obrigatoriamente levou a baixar o orçamento.

Isto é, o que ouve foi uma descida da despesa, não um aumento substancial das receitas, ou a entrada de qualquer investidor, que como sabemos, era só estórias.

De comentador desportivo a 06.09.2016 às 15:23

Gostei bastante dos comentários,pois descrevem o que se passou e bem passa no Sporting.

Se me permite, deixe só fazer uma correção, mas importante, em relação á crise que fala, quem estava por detrás da cortina a orquestrar as coisas era esse aldrabão, foi ele com elementos das claques que sabotaram o clube, e fizeram o clube como refere e bem, chegar a uma crise nunca antes vista.
E porquê?
Porque nunca houve um lunático a fazer o que ele fez.
Dito de outra forma, o Sporting não teria tido aquela "crise" sem a actuação do governo sombra.

Foi ele e o resto do gang, que conspiraram para que essa "crise" acontecesse.

De Jacó a 06.09.2016 às 15:33

Uma das coisas que estou farto de dizer é que a crise foi resultado de uma má gestão ao nível dos treinadores contratados.

Lembra-se quando após uma derrota na Madeira, a equipa foi recebida no aeroporto num ambiente quase de "guerrilha"? Havia um que até dizia para o Domingos: "tu não és do Sporting, crl!"

Após isso e para apaziguar os ânimos, a direcção despediu o Domingos e foi buscar o amado Ricardo Sá Pinto. Mas, foi um tiro no escuro, e hoje conclui-se que o Sá Pinto não é sequer treinador para uma equipa da I Liga, quanto mais para o Sporting! E partir daí foram uma série de tiros nos pés até à contratação de Jesualdo Ferreira, que conseguiu dar alguma estabilidade, mas não evitando uma não-ida às competições europeias, com um 7º lugar.

O que eu pergunto é: toda a campanha protagonizada durante o mandato de Godinho Lopes, não criou o tal clima de "terror" que se viveu naquele aeroporto após a derrota na Madeira?

De comentador desportivo a 06.09.2016 às 15:50

E quem é que organizava esses protestos?

Convém não esquecer que a sabotagem começou logo no dia das eleições, quando não souberam perder, e começaram a espalhar que as eleições tinham sido uma fraude, e até chegaram a agredir dirigentes.

Convém não esquecer.

Em relação ao futebol e aos treinadores, o Sporting tinha feito um grande investimento e tinha uma equipa competitiva com qualidade Para quem tenha dúvidas, basta verificar os clubes por onde esses jogadores passaram, as internacionalizações, e o montante total das suas transferências.

Para a máquina de lançar mentiras e falsidades do brunistão, esse treinadores não percebiam nada de futebol, os selecionadores também não é os dirigentes que os contrataram também não, eles é que percebiam, percebiam tanto que o JJ passado um mês queria se ir embora.

Isto para dizer o quê!? Que realmente tínhamos boa equipa e os "adversários" sabiam disso e tentaram nos parar através de jogos de bastidores. É de relembrar o que os árbitros fizeram caro Amigo.
Escrevi isso aqui á pouco tempo

De Jacó a 06.09.2016 às 15:58

Sim, nas primeiras jornadas tentaram travar desde logo o inicio de um novo-ciclo do futebol do Sporting, culminando no tal jogo em que os árbitros fizeram greve e teve que vir um árbitro das distritais.

E sabe o que fez o BdC na véspera do Sporting jogar a primeira jornada? Pois, começou desde logo a lançar as dúvidas, como pode ler neste artigo: http://relvado.aeiou.pt/sporting/bruno-carvalho-arrasa-godinho-lopes-238666

De comentador desportivo a 06.09.2016 às 15:34

Correção

pois descrevem o que se passou e passa

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D